Sempre por dentro

Voltar

Alunos do SESI de Pelotas (RS) se classificam para feira de ciência em Portugal

Os alunos desenvolveram o protótipo de uma máquina que recolhe garrafas pet para correta destinação de materiais para a reciclagem

Alunos-SESI-Pelotas-760-261017.jpg

O projeto Papa Pet, dos alunos Diego Morales, Fernanda Jaques e Geovana Porto, foi credenciado para participar do Programa Ciência na Uminho (Universidade do Minho) em Braga (Portugal), em 2018. Os alunos desenvolveram o protótipo de uma máquina que recolhe garrafas pet para correta destinação de materiais para a reciclagem e ficaram com o primeiro lugar na Feira Brasileira de Iniciação Científica, realizada este mês em Jaraguá do Sul (SC).

Esta será a quarta participação da escola de Pelotas em feiras internacionais. “Nossa alta frequência em eventos deste tipo mostra os resultados que estamos obtendo em nossa missão de preparar jovens para o mundo do trabalho com excelência acadêmica”, lembra o superintendente do Serviço Social da Indústria (SESI-RS), Juliano Colombo.

Este ano, o projeto Trigonometria na prática: construção do teodolito caseiro com materiais alternativos e teodolito eletrônico de baixo custo participou de uma feira na Tunísia e outra na Escócia. O trabalho, inclusive, inspirou o troféu da Mostrarob, realizada em Pelotas. O Delas pra elas: o livro de vivências, orientações e empoderamento para garotas (pré) adolescentes foi credenciado para participar da Genius Olympic, que acontecerá em junho de 2018, em Oswego, Nova York, Estados Unidos, por sua participação na Feira Mineira de Iniciação Científica (Femic Jovem). 

O estímulo à inovação, criatividade, responsabilidade social, sustentabilidade e motivação são parte do dia a dia de estudantes e professores das escolas do SESI. Inspirada nas melhores práticas nacionais e internacionais de educação, a metodologia busca o desenvolvimento integral do estudante com a construção de competências e habilidades via resoluções de problemas pautados no mundo do trabalho e com uma avaliação desafiadora e motivadora do aluno.  Na última semana, três escolas do SESI tiveram sete projetos destacados no Salão UFRGS Jovem 2017.

A primeira escola de ensino médio do SESI do Rio Grande do Sul começou a funcionar em 2014, em Pelotas, e já foi reconhecida pelo MEC como uma das 177 instituições de todo o país como exemplo de inovação e criatividade na educação básica.

Da FIERGS
Foto: Denise Fotos
Para a Agência CNI de Notícias